A Alma Mater de Canela    

     Alguns lugares são dotados de uma energia que transcende às condições materiais de suas paredes, e, mesmo quando vazios ou fechados, continuam pulsando graças à memória do que ali foi vivido.
    Assim foi, e ainda é, com o prédio do Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora.
    Sob as bênçãos da Santa protetora do lar e das famílias, que até hoje paira majestosa sobre o telhado da antiga escola, a Alma Mater que alimentou, nutriu e lapidou os jovens corações de centenas de crianças continua plena de vida.
    Quantas bondosas freiras ali lecionaram com a importante missão de ensinar, educar e preparar para a vida várias gerações de crianças e jovens. E quantas crianças e jovens viveram ali, dia após dia, compartilhando seus mais lindos sonhos de futuro pessoal e profissional orientadas pela “alma mater”, a alma pátria, o cerne, a educação incondicional das Irmãs Bernardinas.
    São essas recordações que constroem a memória de um lugar. E é, com a reunião dessas memórias que se escreve a história tal como será contada às gerações do futuro. Tomando como fonte de pesquisa as conversas com ex-alunos e professores, depoimentos e imagens iconográficas, juntamos alguns fragmentos que resgatam a memória do Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora. Embora seu funcionamento como escola tenha sido breve, com as memórias dos que por ali passaram pôde-se ter a ideia de como os acontecimentos políticos e sociais da época se misturavam com o cotidiano dos habitantes de Canela, interferindo diretamente na formação intelectual, na cultura e no destino das pessoas da cidade.
    Sem dúvida ali, no Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora vibrava a Alma Mater de Canela e essa energia não se perdeu nunca mais, principalmente por estar ao lado de uma das sete maravilhas do Brasil, a Catedral de Pedra, o que só aumentou sua importância no quarteirão famoso, visitado por milhões de turistas a cada ano.
    Suas salas dedicadas a canelenses que ajudaram a construí-las e as fotos de alunos e professores imortalizadas nas paredes dos corredores pediam para ser reabilitadas para que seus feitos não se perdessem no tempo.
    Com profundo respeito a essas memórias e alimentados por essa poderosa energia plena de significados, esperamos ajudar a escrever mais um capítulo da história de Canela devolvendo para a cidade o tão amado prédio do “GNSA”, totalmente revitalizado e preservado, e novamente pleno de vida, ressurgindo de braços abertos para receber seus filhos e todos os turistas que nos visitam, inaugurando uma nova era em que os valores da alma deverão prevalecer novamente.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google